TAPIOCA COM SHIMEJI E COUVE `A MODA DA GISELLE


Tapioca com couve e shimeji

Tapioca em forma de panqueca como ensina na embalagem
Shimeji: lava e pica, refoga com água e shoyou até ficar macio
Couve em tirinhas, refogada com azeite e cebola raladinha.
O processo é rápido, a montagem é bacana, e em pouco tempo uma refeição praticamente completa.

Viu que simples e que bacana?

Receita de amigo tem o que não aparece muito por aqui. Só por isso já vale o agrado. Se o amigo é vizinho e gourmet então... vem coisa boa! Creio que nunca postei (e nunca cozinhei) um prato com shimeji e tapioca. Falta de hábito, de jeito e de paladar. Um nem preciso comentar muito; a tapioca está bombando, e com todo mérito. Já o shimeji tem tudo para ser um alimento perfeito para os vegetarianos e para os gourmets de modo geral. Meu tipo de sangue e meu biotipo ayurveda recomendam bastante moderação com cogumelos. Sem privação, naturalmente! jamais recuso um bom shimeji, assim como tapioca e couve. Juntos então, que idéia! Vizinha esperta.

A estrela da vez é o shimeji, abre aspas: um dos cogumelos mais consumidos no mundo, principalmente na China. Possui níveis nutricionais elevados e baixo índice de calorias, o que torna ideal para dietas.

Conheça 7 benefícios do shimeji:
1. Rico em vitamina B12
Essencial para vegetarianos e veganos, que costumam sentir essa deficiência. Além disso, tem importante papel na produção de melatonina, e ajuda a melhorar a memória e concentração.
2. Previne a osteoporose
3. Impulsiona o sistema imunológico
Combate a diabates, asma e alergias.
4. Combate o câncer
Estudos científicos na Universidade de Osaka, Japão, elegeram o shimeji como um alimento fundamental na ação de prevenção e cura contra o câncer.
5. Tão rico quanto carne vermelha
É uma ótima fonte de vitaminas, fibras, minerais e uma grande quantidade de proteína.
6. Melhora o aspecto da pele
O shimeji é rico em lisina, que desempenha um papel importante na formação de colágeno, deixando a pele mais firme e lisa.
7. Emagrece
É um ótimo alimento para quem está fazendo dieta, pois cada 100 gramas de shimeji contém apenas 35 calorias. Além disso, o sabor do shimeji aciona uma área específica do nosso sistema nervoso, que manda uma mensagem de saciedade ao cérebro. fecha aspas

Valeu vizinha!
Namastê!

imagem da Giselle e artigo sobre o shimeji com link na postagem


Comentários

Cláudia Leister disse…
Sílvia, namastê!

Que prato gostoso!

Por curiosidade: qual o tipo de sangue que pede moderação no consumo de cogumelos?

Abraço!
sylribeiro disse…
Oi, Cláudia, para o sangue AB (o meu tipo) alguns cogumelos são nocivos, outros neutros. Quem tem um glossário bem completo é o AHAU instituto, neste link http://ahau.org/dieta-do-tipo-sanguineo-ab/.
Já para a ayurveda, que eu sigo com mais disciplina, o dosha Vata ( o meu predominante ) sugere moderar todos os tipos em determinadas estações do ano. Na web tem farto material sobre esses alimentos, veja aqui http://ayurveda.com.br/alimentos-para-o-desequilibrio-de-vata/.
Entretanto, moderados não significa serem evitados. Existem cogumelos que são um presente para a imunidade, a gente não deve abrir mão de nada, pois como diz a máxima: para cada situação existe um antídoto, ou seja, se houver adequação ou uma mistura sábia, penso que tudo pode ser consumido, valendo somente o gôsto pessoal. Porisso a informação de um bom profissional ajuda demais.
Super obrigado pelo comentário, Cláudia! abraços