QUEIJO DE CASTANHA DE CAJÚ



Ano passado fiz queijo de macadâmia, ficou tão bom que repeti muitas vezes.
Agora quis provar outro sabor: castanha de caju, e confesso, ficou muito melhor!
A receita é tão simples, praticamente não tem como errar, só na dosagem do limão.
Desta vez fui mais prudente, e fiz com limão galego, que além de ser menor, é mais prazeiroso no paladar.

Minha rotina pede um queijinho todo dia, seja o queijo tipo cottage sem lactose, seja ricota, seja de leite cabra ou de leite de ovelha, isso faz parte do meu ser; com eles a comida fica mais afetuosa, e creio que é bom deixar a afetuosidade fluir, ainda mais numa refeição preparada com tanto cuidado e carinho.
O queijo de castanha de cajú tem sabor de novidade, não tem gosto de queijo mas tem um toque de charme que faz as honras do jantar ou do café da manhã. Poderia ser castanha do pará, amendoas... mas achei uma castanha de caju orgânica que é um espetáculo, da Monama, recomendo muito!

Para mim é um presente poder fazer esse queijo em casa, assim posso alternar o queijo de leite com o queijo de castanhas e fico com os dois, moderadamente, como manda o figurino.
Quem não ser recorda da receita vou postar aqui novamente.
E bom apetit!




Queiijo de castanha de caju ( olha a cor e a textura que fica!! )
Sem gluten, sem lactose, orgânico e vegano

1 e 1/2 xícara de água
5 colheres (chá) de ágar-ágar em pó
1/2 xícara de castanha de caju crua
suco de 1 limão ( galego fica melhor )
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de levedo de cerveja
1 colher (sopa) de azeite
1 pitada de cúrcuma
(opcional, se não colocar fica branquinho)

Bata a castanha com sal, levedo de cerveja e a cúrcuma no liquidificador até virar um pó fino.
Misture a água com o agar agar e ferva por uns dois minutos, mexendo.
Ligue o liquidificador de novo, adicione o azeite e o ágar recém tirado do fogo, vai acrescentando o limão e prova.
Coloque num pote redondo untado com azeite e deixe em geladeira até endurecer.
Pode ser cortado em fatias ou ralado em tiras.

PS não me pergunte quanto tempo dura na geladeira, como faço do tamanho de um frescal pequeno, ele vai embora quase tão rápido como se prepara!
Namastê!


Aqui neste prato colorido:
Penne barila tricolor, couve flor, brócoli e tomate, ficou tricolor duas vezes, lindo!
Uma pequena porção de queijo de cabra e queijo de castanhas
Reguei com um fio de azeite aromatizado com alho e nada mais,
mas que delicia!

Comentários