QUEIJO DE MACADÂMIA


Queijo de Macadâmia

1 e 1/2 xícara de água
5 colheres (chá) de ágar-ágar em pó
(use colher de chá de medidor com 5ml, não a do jogo de talheres)
1/2 xícara de macadâmia crua
suco de 1 limão
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de levedo de cerveja
1 colher (sopa) de azeite
1 pitada de cúrcuma
(opcional, se não colocar fica branquinho)

Preparo

Bata a castanha com sal, levedo de cerveja e a cúrcuma no liquidificador até virar um pó fino.
( o meu ficou uma pasta, a macadâmia é muito oleosa )
Misture a água com o agar agar e ferva por uns dois minutos, mexendo.
Ligue o liquidificador de novo, adicione o azeite e o ágar recém tirado do fogo
(tem que se rápido), bata tudo, vai acrescentando o limão e prova.
Coloque num pote redondo untado com azeite e deixe em geladeira até endurecer.
Pode ser cortado em fatias ou ralado em tiras.

 
Vi esta receita no facebook, em seguida conferi no site do Vista-se.
Achei facílima e resolvi testar.
Usei todas as medidas recomendadas e por sorte encontrei num mesmo lugar todos os ingredientes.
É sopa no mel, como se diz.
Deu certissimo, o queijo ficou delicioso, a textura de primeira.
Recomendo maneirar na cúrcuma e no suco do limão, melhor experimentar antes.
`As vezes um limão tem muito caldo e pode deixar um sabor meio amargo...
Não deixe ferver muito o agar agar senão o queijo vira uma pedra.
Tudo tem que ser rápido, apesar de fácil esta receita pede presteza e agilidade.
Se não der certo da primeira vez não desanime, os benefícios compensam todas as tentativas. 

Uma pequena polêmica surgiu, na receita escrita não diz nada sobre amido ou polvilho, esqueci qual dos dois. No video explicativo diz que tem que usar, eu não usei porque quando comprei os ingredientes eu segui a receita escrita.  
E quando fui fazer, revi o vídeo e me dei conta desse fato mas resolvi arriscar mesmo sem ele.
Copiei a receita num caderninho para não me esquecer de nada e mãos à obra.
E ficou ótimo.

O que pode mudar na vida da gente aprender fazer e utilizar moderadamente um produto desta natureza? Muita coisa; permitir uma boa alternância e um espaçamento bem maior do consumo de derivados de leite, seja de vaca, seja de ovelha ou cabra, e isso quer dizer menos tudo isso: gordura saturada, lactose, caseína, e etc., é economizar no mercado e ganhar na saúde.
O custo de um queijo de macadâmia é menor do que um queijo comum tipo frescal, do mesmo tamanho, e muito menor que um queijo especial de leite de ovelha ou de cabra.
E sem perder o bom paladar.
Para mim é quase uma redenção.
E que assim seja.

Macadâmia, abre aspas:
Além da propriedade rejuvenescedora, a macadâmia tem a vantagem de fazer bem ao coração.
Comer um punhado duas ou mais vezes por semana, pode reduzir os riscos de doenças cardíacas fatais, e ajudar a diminuir o colesterol ruim (LDL).
Além disso, as dietas veganas podem ser enriquecidas com macadâmias, que são também uma fonte saudável de gordura não saturada, cálcio e proteína, leia mais AQUI / fecha aspas.



Veja a receita original e o video do preparo aqui
E mãos `a obra, que tudo vai dar certo.
Obrigado ao Vista-se, onde acabei de pedir minha carteirinha.
Quero fazer parte desse clube, que bacana!!
Namastê.


Comentários

Marilia disse…
Querida Sílvia,
nunca tinha ouvido falar da macadâmia. Sempre me surpreendo e aprendo no teu blog!
Bj e bom domingo,
Marília
sylribeiro disse…
Macadâmia é um escândalo de tão bom! Perigo, dá vontade de comer muito, mas é bem oleosa, na verdade o pó fino que se refere a receita, é quase uma massa.
COnheci há muitos anos, numa sorveteria famosa daqui chamada Brunello, que tinha essas nozes cobertas com chocolate, mas nunca tive em casa, sempre dei preferência as amendoas, castanha do pará, nozes e castanha de cajú. Que tambem servem para fazer o queijo, aliás aconselham a misturar, beijos!