ARROZ DE FESTA


Festa! 
Nossa amiga Silvana organizou uma festa inesquecível para celebrar o aniversário da nossa amiga Sandra.
Daqui, dali e de longe vieram muitos amigos para confraternizar neste momento celestial.
"Festar" com gente querida, tem coisa melhor?
Diretamente da festa as receitas que fizeram a alegria da galera :)

3 RISOTOS: FUNGHI, ASPARGOS, ABOBORA
`a moda da Silvana












Caldo de legumes

alho poró, a parte verde
salsinha
cebolinha
2 folhas de louro
1 cenoura
agua
ferver por 3 horas
acrescentar água quente `a medida que vai secando

Ingredientes 

1kg de arroz arbório
2 cebolas
100 gramas de manteiga

200 gramasde queijo parmezao ralado
100 gramas de funghi seco.

Modo de fazer

Colocar por 30 mintos o funghi seco em água quente.
No rechaud ou na panela:
refogar as 2 cebolas picadas e a parte branca do alho poró, com 50 gramas de manteiga
quando dourar acrescentar 1 kg de arroz arbório e o funghi
acrescentar o caldo de legumes aos poucos, misturando sempre.

Quando der o ponto acrescentar 50 gramas de manteiga
100 gramas de queijo parmesão ralado  



Variações

Funghi Seco combina com Queijo Parmesão
Abóbora Hokkaido combina com Queijo Roqueford
Aspargo Fresco combina com Queijo Brie
Todos combinam com Queijo de Ovelha e Pecorino para uma versão sem lactose
Arroz Arbóreo Integral por uma versão com mais fibras. 

uma notinha:
Cada receita de risoto aliementa 18 pessoas, segundo a Silvana.
outra notinha:
Perceberam que na receita não vai sal?
os queijos já dão o tom, não precisa colocar mais nada, fica tudo na medida, perfeito!
Boas Festas!

Créditos

obrigado Silvana, Sandra, alma feliz!
imagens de acervo e da Sandra
receitas da Silvana












Fica a dica

Um livro incrivel, Residencias em São Paulo: 1947-1975
Livro de Marlene Milan Acayaba ganha reedição pela Romano Guerra Editora São Paulo

Editado pela primeira vez há 25 anos e utilizado durante todos estes anos como livro didático nas escolas de arquitetura, o livro Residências em São Paulo: 1947-1975 estava esgotado há muito tempo. A Romano Guerra Editora decidiu reeditá-lo em versão facsimilar, inaugurando assim a Coleção Facsimile, que deve trazer ao público outros livros raros de arquitetura.

Namastê!
.

Comentários