TAPETE MÁGICO


Um tapete de sisal na casa traz boas energias.
Além de lindo, ele é total custo benefício.
Se voce tem um orçamento apertado, vá de sisal.
Se voce quer um produto nacional, produzido em meios sustentáveis, que contribui para o meio ambiente fisico, material e humano, vá de sisal.
Se você quer ser chic, despojado, alternativo, campestre, praiano, urbano, vá de sisal.
O tapete de sisal tem essa magia, ele interage com todos os estilos.
Pode ser encontrado em praticamente todas as lojas de tapetes e afins, as tramas e a variedade das suas cores naturais são tão lindas que fica dificil escolher, e aquele aspecto cotelê da trama mais simples é um luxo.
Quando você pensar em fazer uma mudança na sua casa, comece o seu planejamento pela base.
Se a gente muda um tapete, muda a energia e a proposta de um espaço, ele se renova e muitas vezes isso adianta boa parte do todo.

Como escolher seu tapete de sisal?

Primeiro observe a totalidade do seu ambiente, a luz, as cores e o que vc pretende transmitir ali.
A gama de ofertas vai desde o tom natural da fibra até a mistura de fibras claras e escuras.
Tenho duas cores favoritas, uma é a CK ou modelo C cor K e a outra é a CH, ou modelo C cor H, sendo esta a cor mais clara do mostruário e a mais macia de todas.
Quando a gente compra um tapete de sisal, geralmente ele vem enrolado e amarrado em suas próprias cordinhas, pelo menos esta é a "embalagem" que eu conheço.
Ao ser estendido você vê as ondulações e marcas de amarração, que deverão se assentar normalmente com o uso, por força da gravidade, se você tiver paciência para esperar.
Uma semana é suficiente para ele ficar liso, se não acontecer, devolva.
E se você não tiver paciência para esperar esse assentamento, vou dar uma dica que sempre recomendo e é infalível.


Tem livros em casa?

Distribua-os sobre a superfície do tapete focando os exemplares de mais peso nas áreas mais comprometidas, e deixa lá um ou dois dias.
Além de dar uma arejada na estante e nos livros, isso pode ser um divertimento dos mais gratificantes, e sem custo nenhum.
Os livros de trabalho que ainda mantenho aqui são grandes e pesados, sorte a minha.
Dá um trabalhão tirar da estante para eles tomarem a "fresca" de tempos em tempos, mas num único dia resolvi dois probleminhas de uma só vez, e tive ganhos pra lá de compensadores.
Depois de ver aquele "mar de livros" distribuídos pelo tapete, gentimente e com todo respeito, caminhei sobre eles, com muito cuidado.
Cada passo, cada livro, quantas lembranças. O tempo passou e eu não percebi, quando dei por mim o tapete estava quase todo assentado, os livros estavam arejados, e eu cheia de boas recordações.
Tapete mágico.

Como manter um tapete de sisal?

Aí é que são elas, como tudo que é natural, ele precisa de muito cuidado.
Meus tapetes duraram anos, e depois daqui foram para outras casas quase em estado de novo, e olha que aqui tem bastante movimento: eu trabalho em cima de um tapete de sisal, minha cadeira tem rodizios, e vão pra lá e prá cá sem parar.
O espaço também é de refeições, as cadeira tem pés fininhos e são pesadas, arrasta daqui e de lá, nem um tapete de ferro daria conta.
Eles deram.
Dá para ter animais em casa com um tapete de sisal, pode se usar sendo "alérgico"?
Creio que sim, conheço muita gente que tem tapete de sisal e convive harmoniosamente com gatos, cachorros, e desconheço pessoas que tem alergia ao sisal, até mesmo porque ele não tem cheiro e sua fibra é tão grossa que dificilmente alguém vai inalar.
Junta poeira como qualquer outro e tem que ser limpo como tudo que a gente tem em casa.
Se derrubar algum liquido ou outra coisa dá para limpar, mas é melhor ser imediatamente e usar produtos inofensivos ao sisal e ao meio ambiente.
Se nada adiantar tente conviver com essa marca, afinal, se a gente ganha marcas com o passar dos anos, o que tem demais um tapete ter as suas também?
É a vivência ali estampada.
Manter um tapete limpo e higienizado é tão necessário quanto deixar a vida rolar sobre ele.
Aproveite e viva feliz.

Cuidados necessários, não só com o tapete

Quando troquei um tapete de lã por um de sisal, confesso que senti vontade de pedir para as pessoas tirarem os sapatos para entrar em casa.
Para quem tem revestimentos como esse ou similar em quase todo seu espaço privado de circulação, esse gesto é um ato de saúde, recomendo não circular em casa com sapatos "sambados" na rua. Portanto, com quem tenho mais digamos, intimidade, eu pergunto na boa: os pezinhos estão limpos?
Manter um tapetinho esperto do lado de fora...convidando para ser ( bem ) usado é o canal.
Nossa casa é nossa vida, cuide bem dela.
Voce come verdura sem higienizar, ou se senta `a mesa sem lavar as mãos? então...

Entre as muitas empresas que vendem tapetes de sisal por aqui, eu conheço a Beraldin, a Século Tapetes e a Zarif, que atestam trabalhar com produtos das regiões sustentáveis e oferecem lindas tramas. Os prazos de entrega variam, os preços também. Esperar não é bem o meu forte porisso dou preferência para quem me entrega antes e com bom preço. Tem para todos, até nisso o sisal sai na frente.

Sobre o sisal
O sisal (Agave sisalana), família Agavaceae) é uma planta utilizada para fins comerciais, cultivado em regiões semi-áridas. Atualmente o Brasil é o maior produtor de sisal do mundo e a Bahia é responsável por 80% da produção da fibra nacional.
É uma planta resistente á aridez e ao sol intenso do sertão nordestino.
É a fibra vegetal mais dura que existe.
Os principais produtos são os fios biodegradáveis utilizados em artesanato, tapetes decorativos; remédios; biofertilizantes; ração animal; adubo orgânico e sacarias.
As fibras podem ser utilizadas também na indústria automobilística, substituindo a fibra de vidro.
Uma fibra sintética demora até 150 anos para se decompor no solo, enquanto a fibra do sisal, em meses, torna-se um fertilizante natural.
Fonte da info: AQUI

Como limpar
Algumas pessoas insistem em passar a vassoura.
Se você é uma delas, saiba que isso acaba com o tapete.
Para mantê-lo sempre com cara de novo, basta uma aspiração periódica (uma vez por semana) em todas as direções / nota minha, o sisal lasseia e pode se deformar se vc ficar só num sentido.
No caso de cair alguma coisa, limpe o local imediatamente com papel absorvente, mas sem esfregar. Se você preferir, limpe-o com um pouco de água com sabão neutro, sem encharcar, secando com um pano seco.
Fonte da info: AQUI

Mais uma dica: quando for comprar seu tapete de sisal tenha o cuidado de verificar a origem.
Ateste que ele seja produzido nas regiões das comunidades sisaleiras que praticam o trabalho solidário, justo, com cooperativismo.
Essa informação pode fazer a diferença na sua e em muitas outras vidas.
Boa sorte, boas mudanças e ótimas viagens.
Namastê!


.
.

Comentários

Adoro tapetes de sisal, acho gostoso caminhar em cima, faz massagem na sola do pé.
Comprei um azul marinho para deixar ao pé da minha cama e servir de "caminha" para meus cães, que já haviam comido 2 toalhas velhas e medonhas usadas para a função.
Resultado: comeram o tapete tb, que dó!
E que durmam no chão duro e frio, paciência.
sylribeiro disse…
Ah, seus cachorros são incríveis!
Eu tambem adoro os tapetes de sisal e sempre que posso recomendo para meus clientes, um produto e tanto, sem fronteiras.
beijos
Marilia disse…
Gostei muito da ideia! Estamos pensando em colocar um tapete aqui na sala, mas ainda precisamos pensar nas coisas básicas primeiro. De qualquer forma, valeu a dica!
Beijo,
Marília
sylribeiro disse…
Legal! essa ideia da pra fazer sem ter tapete tambem, rs é muito divertido e inspirador, quase pular amarelinha, ou pedrinhas nos rios, rs, a nossa imaginação voa.... tapete é tudo de bom, nunca fiquei sem, eu não consigo, preciso pisar em algo mais quentinho sempre, beijos e boas mudanças!