MANJERICÃO, VITALIDADE, PUREZA, EQUILIBRIO



Uma pasta com com azeite, tomate, alho, queijo e manjericão, tem coisa melhor?
Tem empate: uma pasta com pesto.
Saborear tranquilamente uma boa pasta ao pesto é uma celebração, e fazer um bom pesto em casa também. Eu ainda não testei, mas agora não tenho mais desculpa; com tanta receita boa de pesto na web, de amigos, de restaurantes, além de ser muito fácil de fazer, muito nutritivo e etc e tal, o momento é auspicioso para isso, porque a estrela do pesto tem um sentido prá lá de especial na nutrição:

MANJERICÃO

Na Ayurveda, é considerado um alimento sátvico, que me explicaram ser mais ou menos assim....
SÁTVICOS – PUREZA - EQUILÍBRIO
Segundo Swami Sivananda:
“A Purificação da mente depende da purificação do alimento”

Uma dieta sátvica é de fácil digestão, conseqüentemente propicia um armazenamento de energia, aumenta a vitalidade, e força, eliminando a fadiga e cansaço, mesmo para aqueles que executam trabalhos de grande esforço físico e mental.
Uma dieta apropriada, portanto, proporciona ganho de energia, equilíbrio físico e mental para as demais atividades de nosso cotidiano.
Li também que alimentos sátvicos são alimentos puros, que mantém o corpo e a mente claros, equilibrados, harmoniosos, tranqüilos, fortes e nutridos.
Não é o máximo?
Manjericão aqui em casa não falta, e de alimentos sátvicos eu ando mesmo precisando neste inicio de outono.

A dona Rosy Bornhausen, no seu maravilhoso As Ervas do Sítio, que já tive a oportunidade de mostrar AQUI, tem um capitulo e tanto sobre o manjericão:


Ocimum Basilicum / Manjericão

O manjericão é uma das ervas mais perfumadas que existem.
Quando gosta do local em que é semeado, cresce em enormes semicírculos verdes, com uma infinidade de flores brancas espigadas.
O visual é maravilhoso, floresce por vários meses, e seco é tão util e cheiroso quanto fresco.
Origina-se da India, onde era consagrado a Krishna e a Vishnu, e a palavra basicilum tem conotações reais.
Significa "próprio para a casa de um rei".
Além disso, basilik seria o nome de uma deusa-serpente que matava com um olhar; curiosamente a erva também era utilizada para retirar o veneno das picadas das cobras.
É a erva real dos franceses, e na Itália é o simbolo do amor, um ramo de manjerição oferecido a uma jovem singifica paixão e dedicação eternas.
É a planta companheira dos tomateiros, porque afasta a terrivel mosca branca, e das pimentas, porque perfuma seus frutos.
Na parte medicinal o manjericão é ligeiramente sedativo, e por esta razão seu chá é usado para combater a dor de cabeça, gastrite, insonia, etc.
Mas é na cozinha que o manjericão vive seu momento de glória, e o famoso molho pesto é o seu uso mais importante, aquele que transforma qualquer macarrão em um prato de festa:

Molho pesto delicioso da sra. Rosy

1 xicara bem cheia de folhas de manjericão
3 dentes de alho
3 colheres de sopa de nozes
1 xicara de queijo parmesão ralado
2 colheres de manteiga
azeite.

Bata muito bem no liquidificador até formar um creme bem clarinho.
Está pronto.
Dura alguns dias na geladeira, e cada vez que for servir, junte duas ou tres colheres de água fervendo de onde se cozinhou o macarrão.

Gostou? tem muito mais ali, tem receitas de ungüentos e pomadas com manjericão, mais historias e mais mistérios, o capitulo é grande e eu compilei o necessário para esta matéria.
Quem tiver a oportunidade de encontrar este livro ( As Ervas do Sítio ) vai ter um tesouro em casa, porque além de contar tudo sobre as ervas o livro tem receitas maravilhosas de seus usos.

Li no site da GNT uma chamada tentadora sobre um "pesto fácil", preparado pela Nigella.
A receita realmente é muito simples, dá para fazer no dia a dia e ela deu a deixa sutilmente: no macarrão que ela fez, no seu pesto `a moda, a estrela era mesmo o manjericão, vejam o tanto que ela usa, deve ficar mesmo dos deuses, ou dos reis, como diz a dona Rosy.
A receita dela e o video do passo a passo estão aqui compartilhados.
Bon apetit!

Macarrão ao pesto da Nigella

Ingredientes

1 punhado de pinoles
Azeite aromatizado com alho
250g de spaghetti cozido
Queijo parmesão a gosto
Manjericão a gosto

Modo de preparo
Toste os pinoles numa frigideira seca e quente. Quando estiverem dourados, retire da frigideira e reserve. Em outra panela, ponha o azeite e acrescente o macarrão cozido. Rale lascas grandes de queijo parmesão por cima. Misture e acrescente os pinoles. Salpique um pouco de manjericão. Misture e sirva.

créditos
imagem do livro As Ervas do Sítio / acervo pessoal
LIVRO As Ervas do Sítio / LINK
sobre os alimentos sátvicos / LINK
manjericão / LINK
ingredientes do pesto / LINK
ingredientes do pesto 2 / LINK

Comentários

Marilia disse…
Nossa, adorei saber mais sobre o manjericão! Estava pensando neste fim de semana em plantar uma mudinha!
Adoro manjericão!!! Acho o tão lindo, cheiroso, frondoso! Não sabia de todos os seus poderes medicinais, obrigada pela dica!
Beijo,
Marília
sylribeiro disse…
Olá! Plante mesmo e use diariamente.
Sabe que tomar um banho com manjericão principalmente na passagem do ano traz bons fluidos, e deixa o novo entrar?
Foi minha nutricionista quem me contou isso há anos atras, e eu já fiz algumas vezes, beijos