O ARQTOUR DO ARQBACANA



Esse tour pelas obras do A. Jurado já teve várias reedições e sempre é um grande sucesso desde 2008. É um passeio e tanto pela sua surpreendente produção, que organiza nossa informação, coisa a gente nao se dá conta no dia a dia.
Tive a alegria de participar do primeiro da série com amigos e colegas, e de um dia inesquecivel como aquele faço um momento tiete pessoal com essa postagem vinda lá do M.
Totalmente demais!
Quem gostar de arquitetura, de zanzar por aí em boa companhia recomendo os passeios que o Arqbacana! organiza, são geniais.

**
No dia 27/10/2008 foi realizado o 3º ARQ!TOUR, que, dessa vez, levou um grupo de arquitetos para conhecer alguns prédios do “arquiteto” João Artacho Jurado, localizados no bairro de Higienópolis e centro da capital paulista.
Artacho, que na década de 50 causou polêmica com seus coloridos e divertidos prédios, iniciou o conceito do “Bem Morar”, que introduzia salão de festa nos edifícios.
O tour teve o privilégio de contar como guia a figura simpática do arq e prof Ruy Debs, que lançará em breve o livro “A arquitetura proibida de Artacho Jurado”, pela editora Senac, contando a vida e obra desse polêmico, inovador e empreendedor paulista.

O ponto de partida do passeio foi o prédio da antiga FAUUSP, localizado na rua Maranhão, no bairro de Higienópolis – onde estão localizados alguns dos mais significativos exemplos do estilo “artachiano”; iniciada a caminhada, o grupo visitou os edifícios Dona Veridiana, Cinderela, Piauí Sabará, Parque das Hortênsias, APRACS e Bretagne.
De Higienópolis, partimos para o Centro e visitamos os edifícios Planalto, Viadutos e o Louvre e suas magnificas coberturas com direito à impressionantes vistas de Sampa.
Essa foi mais uma bacana que o nosso portal inventou contando com a energia e paixão de todos que estiveram com a gente.



SAIBA MAIS EM
http://arqbacana.com.br
NA SEÇAO ARQTOUR

agradecimentos MARCIO MAZZA por um dia tão especial!
thank's ruy debs pela aula
texto marcio mazza, do portal arq!bacana
fotos enio cesar
foto ed bretagne claudio zeiger

Comentários