HAMBURGER DE BANANA! DELICIA DO BLOG DA RITA TARABORELLI





Se joga no blog da Rita Taraborelli : é uma obra de arte em todos os sentidos, aparencia e conteudo, eu que já era fã, agora sou seguidora fiel.

Essa semana chegou a minha tão esperada farinha de coco organica que comprei lá da Bahia, e o cheirinho dela é tão maravilhoso que dá vontade de comer pura - puro perigo!
Tentei fazer um mingau, puro não deu certo, misturei com aveia para fazer um meio a meio, depois amaranto e apesar de tudo ter ficado bom, ainda não achei o meu caminho, nem quando fiz` a moda da Pat, receita mágica onde tudo parece dar certo, com a farinha de coco deixou a desejar...

Não sei se come crua, cozida, se deixa de molho, se não deixa, enfim estou diante de um novo mundo delicioso e saudável para se descobrir e pesquisar... no momento me sinto como no primeiro dia de aula do primário, boiando.
A farinha de coco é altamente recomendada para Vata, pois vem da amendoa do coco, ou da polpa.
A bem da verdade eu amo tudo que vem do coco, mas dependendo da estação suas propriedades medicinais ora me fazem bem ora não, o óleo que eu tanto adoro, me foi recomendado usar no verão, a polpa no inverno, e como a farinha vem dela, o principio se mantém, creio e espero que seja isso mesmo.



O fabricante explica que....
A Farinha Orgânica de Coco Finococo é um alimento funcional, integral, com alta concentração de fibras, obtido da amêndoa de cocos orgânicos saudáveis e maduros, por processo orgânico certificado, sem adição de açúcar ou qualquer aditivo químico ou conservante.
No site tem algumas receitas mas nenhuma me atraiu a ponto de fazer. Parece que estao atualizando a cada semana então hora dessas volto la novamente para ver se encontro o fio da meada.
Cheia de fibra, a farinha precisa estar numa receita equilibrada, e como eu procurei isso esses dias...

A receita "bolachinhas de queijo incríveis" da Pat Feldman já está na lista, embora eu só coma queijo com muita moderação, vou experimentar usar queijo de cabra ou de ovelha, e ver que no que dá.
Lembrando a ajudinha do Jala Neti /Lota para eliminar os excessos, dá pra encarar um queijinho extra tambem, e essas bolachinhas da Pat parecem ultra deliciosas e facilimas de se fazer, ate para um ser que não se dá muito bem na cozinha em receitas com farináceos como eu.

O super presente veio do blog da Rita Taraborelli que tem uma receita com muito coco: ralado, óleo e farinha...deve ser um escandalo de gostoso, e com banana da terra, ainda nem se fala!
Pra completar chutney de coco, outra coisa que me deu agua na boca, tudo de bom!

Vamos `a delicia da Rita!
O link da materia original está no titulo abaixo e o endereço do belissimo blog aparece varias vezes pela pagina e nos créditos finais, vale uma, duas, muitas visitas.

Hambúrguer de banana da terra (n.02)

.com chutney de coco.

Sob influências baianas ainda...
Esta é uma receita para quem ama o fruto coco, pois aqui neste preparo a gente só não usa a água, mas usa a polpa, farinha, o leite e o óleo. Hmm(!)
Lá vai a fórmula de ontem na feira (que ainda continua).
Hambúrguer de banana da terra n.02

Receita

Ingredientes:

- 3 un banana da terra madura em cubos
- 1 cebola roxa em cubos
- 1/4 pimentão vermelho maduro em cubos
- 1 tomate em cubos
- 1 limão
- 1cm de gengibre ralado
- 1 pimenta dedo de moça sem as sementes
- 2 colheres de sopa cebolinha francesa picadinha
- 1/2 xícara de leite de coco
- 1/2 xícara de água
- 1/2 xícara de farinha de coco ou farinha de mandioca
- óleo de coco para dourar
- sal

Chutney de coco

Ingredientes:

- 1 xícara de coco fresco ralado
- 1/2 xícara de água
- 1/2 xícara de salsa fresca*
- 1 cm de gengibre ralado
- 1 colher de sopa e meia de Agave néctar ou melado
- sal marinho
*pode ser coentro se você gosta, vai combinar super!
Preparo:
1. Refogue o pimentão, cebola, pimenta e gengibre no óleo de coco até a cebola ficar transparente, então adicione a banana em cubinhos. Assim que a banana ficar dourada adicione o leite de coco, a água e o sal. Abaixe o fogo e cozinhe até a banana ficar macia e o líquido incorporar pelos demais ingredientes, desligue o fogo, adicione a cebolinha e deixe esfriar.
2. Enquanto isso prepare o chutney (difícil!) coloque todos os ingredientes em um processador de alimentos e triture bem, vai ficar em pedacinhos mesmo, não é um molho totalmente cremoso. Acerte os sal, mas sugiro que fique mais para o doce do que para o salgado.
3. Acrescente a farinha no refogado de banana e misture bem, molde em esferas e doure no óleo de coco em ambos os lados. Sirva com o molho de coco por cima.

Sugestão de acompanhamento:
arroz jasmim com castanhas e salada verde.

Nota da Rita:
Para esta aula o Cláudio do Dr.Orgânico me ofereceu uma novidade: a farinha de coco (super aromática), que segundo ele vai começar a comercializar no próximo mês pelo Brasil.


créditos
Blog da Rita Taraborelli
Pat Feldman
Finococo
Dr.Orgânico
Casa da Ovelha

Nota final
os desenhos da Rita são o máximo, eles ilustram a matéria e são pura inspiração para a gente ficar feliz! da vontade de colocar todos....
thank's

Comentários

paloma disse…
Uau, um post com mil assuntos que se entrelaçam e não dão nó, ao contrário ;-))

Teu blog é bem bacana mesmo. Superbem arrumado: harmonia e beleza.

Li teu recado no Multi sobre a resposta no FB, que eu já li também. Já respondo lá ;-)

Virei mais vezes aqui ampliar meus conhecimentos e tomar um chazinho virtual.
Bjs
sylribeiro disse…
hehehe comadre que bom te ver aqui!
puxa vida, suas dicas tambem otimas, espero publicar aqui em breve, com sua permissão!
beijos e venha para o chá, café, jantar!
sylribeiro disse…
Oi, Marcelo!!!
hmmmm muitas vezes, esse prato é o maximo.
beijos